//
arquivos

Arquivo para

O primeiro desastre da mineração

O primeiro dos grandes projetos do novo ciclo da mineração na Amazônia, iniciado pela Icomi no Amapá, entrou em operação em 1979, no vale do Trombetas, em Oriximiná, no Pará. Era originalmente apenas da multinacional canadense Alcoa, uma das seis irmãs do cartel mundial do alumínio, que descobriu as jazidas de bauxita, na margem esquerda … Continuar lendo

Tudo é corrupção

Ao longo de 10 anos, entre 2004 e 2014, a Construtora Andrade Gutierrez ganhou concorrências do governo para obras no valor de 7,2 bilhões de reais. Mas só venceu porque aceitou pagar propina. O menor valor estimado dessas propinas é de R$ 216 milhões, mais ou menos 3%, o percentual mais aplicado nas obras da … Continuar lendo

Barragens: um risco permanente

O rompimento de duas barragens de deposição de rejeitos da Samarco em Mariana, Minas Gerais, no dia 5, não provocou apenas “a pior crise da história da companhia”, como reconheceu o seu presidente, Ricardo Vescovi. É uma tragédia para o Estado e o país. Mas pode ter efeito positivo se a consciência nacional souber avaliar … Continuar lendo

O perigo das barragens

Logo em seguida ao rompimento das duas barragens de rejeitos de minérios em Mariana (Minas Gerais).  no dia 5, a Vale informou que realizou, no fim de semana seguinte, “uma verificação detalhada das condições estruturais de 115 das barragens mais relevantes da empresa”. Nessa inspeção, diz ter vistoriado todos os nove componentes dessas barragens e … Continuar lendo

Tragédia barata

O leitor poderá me criticar por ter escrito pouco sobre a tragédia provocada em Mariana, Minas Gerais, pelo rompimento de duas barragens de retenção de rejeitos de minério de ferro. Talvez tenha sido o mais grave acidente da mineração no Brasil. Morreram três (ou seis) pessoas e 21 ainda estavam desaparecidas. Não é um saldo … Continuar lendo

Custos da Vale e da Petrobrás

Circulam pela internet números comparativos sobre os custos da Vale relativamente aos da Petrobrás. O autor (anônimo) do texto elogia a redução dos custos do maior projeto de mineração em curso no mundo e na história da antiga Companhia Vale do Rio Doce. De fato, a implantação da mina do projeto S11D, na serra sul … Continuar lendo

A Vale e (compra) a imprensa

Publiquei este texto em agosto de 2003. Reproduzo-o por ser a resposta regressiva às perguntas que fiz, em artigo anterior neste blog, sobre as razões para o excesso de publicidade que a antiga Companhia Vale do Rio Doce faz na imprensa brasileira. O Liberal desencadeou uma furiosa campanha contra a empresa, que primeiro reagiu, processando … Continuar lendo

A tragédia da mineração

“É a pior crise da história da companhia”, reconheceu o diretor-presidente da Samarco, Ricardo Vescovi, em entrevista coletiva dada ontem, em Mariana, Minas Gerais. Ele se referia à tragédia provocada, na quinta-feira, 5. pelo rompimento de duas barragens de rejeitos da empresa, que é de propriedade, em partes iguais, de 50%, da Vale e da … Continuar lendo