//
arquivos

Arquivo para

Venda da Vale: a posição na justiça

Fiz, a seguir, um resumo da situação das ações populares propostas contra a venda da Companhia Vale do Rio Doce, efetuada em 1997. O levantamento se valeu (para usar o trocadilho) de informações do advogado Eloá dos Santos Cruz, que atua na maioria dessas ações, ainda pendentes de decisão quanto ao seu mérito. A 5ª … Continuar lendo

Venda será desfeita?

  Escrevi este texto em setembro de 2000, três anos e meio depois da venda da Vale. Reproduzo-o como um sinal de época. Com o esclarecimento de que as mineradoras concorrentes da ex-estatal brasileira acabaram não conseguindo penetrar na sua estrutura societária, conforme então se temia. Mas encontrou seu lugar, que legalmente não lhe devia … Continuar lendo

Dez mil visitas

Nosso blog acaba de passar de 10 mil visitas. Conforme a ótica, a marca pode ser considerada espantasosamente alta, sobretudo se considerado o tempo de vida, de dois meses, ou desanimadoramente baixa, se comparada aos recordes de frequências nas redes sociais de maior sucesso. Faço este pequeno registro, no ato, para lhe repassar a pergunta: o … Continuar lendo

Mina Grande, Conflitos Gerais

O texto a seguir é de autoria Oswaldo Sevá, engenheiro mecânico, doutor em geografia,  docente da Universidade Estadual de Campinas, de São Paulo, na área de energia, e no doutorado em ciências sociais. Foi escrito em maio do ano passado e apresentado como parte do projeto “Mapeamento dos Conflitos Sócioambientais em Minas Gerais”, desenvolvido pela … Continuar lendo

Vamos parar o trem?

A antiga Companhia Vale do Rio Doce é a segunda maior mineradora do mundo, abaixo apenas da australiano/neozelandesa BHP Billiton. Mas pelo critério da mineração a céu aberto, a Vale é a primeira. Não precisando cavar túneis para lavrar e dispondo do minério de ferro mais rico do planeta à flor da terra, como o … Continuar lendo

A conta do bilhão em Carajás

Escrevi este texto para registrar, na edição 395 do Jornal Pessoal, da 1ª quinzena de julho de 2007, um momento histórico: a lavra de minério de ferro em Carajás atingia a marca de um bilhão de toneladas extraído e quase integralmente exportado.            A Companhia Vale do Rio Doce começou a comemorar, no mês passado, … Continuar lendo

Início da exploração do níquel em Carajás

          Em 2004 a Companhia Vale do Rio Doce anunciou o investimento de 1,2 bilhão de dólares (quase dois bilhões de reais daépoca) na mina de níquel do Vermelho, em Carajás, no sul do Pará. Mas só depois de dois anos de tramitação do seu projeto pela burocracia oficial, conseguiu obter licença prévia para começar a … Continuar lendo

Ritmo de exportação de Carajás “é crime de lesa Pátria”

Publicado em 16 de junho de 2012 às 10:58 por Luiz Carlos Azenha (Blog VioMundo) Recentemente passei quase três semanas no Pará, viajando pelo estado. Notei, nas bancas de Belém, a presença sempre destacada do Jornal Pessoal, do repórter Lúcio Flávio Pinto, que também tem versão digital. Comprei o dossiê que ele preparou sobre a … Continuar lendo

Razões do paradoxo: riqueza sem progresso

          A mensagem que a assistente contábil Marina Silva me mandou, dois anos atrás, para ser publicada no meu Jornal Pessoal, era tão provocadora que decidi comentá-la fora do espaço específico da publicação. Mais uma vez tentei motivar outros leitores a partilhar nossas reflexões e, com base nelas, se interessar pelas questões suscitadas, que são … Continuar lendo

Prosseguir ou parar?

  Criei este blog com o objetivo de abrir o debate sobre a maior empresa privada da América do Sul, a que mais exporta no Brasil e de grande importância em 12 Estados brasileiros. A motivação imediata para o blog foram duas datas: os 15 anos da desestatização da CVRD, em 6 de maio, e os … Continuar lendo

Podemos deixar de ser colônia?

(Como temos todo um fim de semana pela frente, depois de um feriado de arrasar trabalhador, atrevo-me a reproduzir aqui um texto que escrevi, em setembro de 2005. Os processos judiciais mais uma vez, me retendo em Belém, me impediram de viajar. Eu iria fazer palestra em Parauapebas, o município que mais exporta no país, … Continuar lendo

Como “agradar” a imprensa

 Duas semanas depois de cumular o deputado federal Jader Barbalho de atenções, na festa realizada no luxuoso Waldorf Astoria, em Nova York para receber o título de empresário do ano no mercado brasileiro-americano, Roger Agnelli, fez algo raro nos seus 10 anos no cargo: passou algumas horas em Belém, em junho de 2006, para cuidar … Continuar lendo

O túmulo da história

A última publicação da antiga Companhia Vale do Rio Doce completou uma década. É Histórias da Vale, um álbum magnífico, com 305 páginas, lançado em 2002, quando a empresa ainda era a CVRD de 1942, embora não mais estatal. Passaria a ter como marca de fantasia (e que fantasia!) apenas Vale, seis anos depois. Parecia … Continuar lendo

É um Brasil que vai embora

A antiga Companhia Vale do Rio Doce comemorava cada nova década de vida com um álbum impresso, versão renovada e ampliada do primeiro volume, no qual contava sua história até aquele momento. Parece que desta vez não haverá álbum. Parece que não haverá nada. Os 70 anos da CVRD passaram em brancas nuvens. O que … Continuar lendo

Romper o silêncio

Hoje a antiga Companhia Vale do Rio Doce completa 70 anos de existência. Vá ao site da companhia. Até agora não há qualquer registro sobre a data. Percorra sites de jornais, blogs, portais. Quem está fazendo o registro? Desde ontem há um artigo meu a propósito no portal do Yahoo, na minha coluna “Cartas da … Continuar lendo