//
arquivos

Arquivo para

Um mercado efervescente

Este texto de 2007 retrata o momento fervilhante do setor mineral entre manobras especulativos e movimentos de mercado, entre o investimento produtivo e a especulação. Refletindo esse passado, ajuda a entender melhor o presente.   Um pouco antes do carnaval de 2007, os donos da São Bernardo Recursos Minerais, ilustre desconhecida no setor até então, … Continuar lendo

CVRD multinacional: qual o preço a pagar?

Artigo escrito em 2006 possibilita acompanhar o crescimento da Vale até o tamanho de multinacional.   Em 2002, 10 cidadãos propuseram, perante a justiça do Rio de Janeiro, uma ação popular contra a venda da Companhia Vale do Rio Doce, realizada cinco anos antes, em abril de 1997. Tiveram o cuidado de pedir celeridade processual … Continuar lendo

Poderemos romper a condição colonial?

Para escapar à condição colonial que lhe é imposta, o habitante da Amazônia tem que se esforçar ao máximo para aproximar dois tempos: o da consciência e o da realidade. Como as decisões fundamentais, aquelas que mudam para valer a trajetória dos fatos, são tomadas de fora para dentro, com base em interesses complexos e … Continuar lendo

Lucro cai. Mercado reclama

A imprensa e o mercado classificaram como “fraco” o desempenho da antiga Companhia Vale do Rio Doce no terceiro trimestre deste ano. O lucro da empresa no período caiu 57,8% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. A retração foi menor, mas de qualquer modo expressiva, comparativamente ao 2º trimestre de 2012: queda de … Continuar lendo

A odisseia de Carajás: pelo Brasil?

O trem de Carajás é o maior do mundo. Todos os dias ele faz 24 viagens de ida e volta entre a mina de Carajás, 550 quilômetros ao sul de Belém, e o porto da Ponta da Madeira, no litoral do Maranhão. Percorre quase 900 quilômetros em cada viagem, com duração de 18 horas. Sua … Continuar lendo