//
arquivos

Arquivo para

Estratégia da Vale: a exaustão

Em 2014 a antiga Companhia Vale do Rio Doce definiu de vez a sua estratégia para enfrentar a crise do setor siderúrgico mundial, a maior deste século: vai incrementar a sua produção para evitar queda significativa no seu faturamento e afastar da disputa concorrentes que não podem partilhar essa estratégia. Agindo assim, a empresa vai … Continuar lendo

Carajás: fim em 100 anos

Em 28 de fevereiro de 1985 a Companhia Vale do Rio Doce iniciou o transporte do minério de ferro de Carajás, no centro do Pará, até o porto da Ponta da Madeira, em São Luiz do Maranhão, em extensão de 892 quilômetros do sertão ao mar por ferrovia da própria Vale. O início das operações … Continuar lendo

O fogo e o silêncio

Um comunicado quase anônimo, de aparência amadora, publicado discretamente na edição do dia 13 do jornal Estado de Minas, de Belo Horizonte, informou sobre uma tragédia histórica: boa parte dos documentos da antiga Companhia Vale do Rio Doce pegaram fogo em um galpão na cidade de Contagem, na região metropolitana da capital mineira. Os mais … Continuar lendo

História destruída

Os principais documentos da história da antiga Companhia Vale do Rio Doce, de 1942, quando a estatal foi fundada, até outubro do ano passado, foram destruídos. O enorme material pegou fogo num galpão em Contagem, na área metropolitana de Belo Horizonte. O galpão era de uma empresa “responsável pela guarda terceirizada do acervo” de todas … Continuar lendo

Recordes, mais recordes

O preço atual do minério de ferro é o menor desde 2009 e neste ano, na China, principal consumidora, caiu pela metade. Além disso, há excedente acumulado ao redor do mundo. Mesmo assim, a Vale não para de bater recordes de produção. Em 2014 produziu quase 320 milhões de toneladas, 6,5% a mais do que … Continuar lendo

Privatização: página aberta

As ações populares propostas contra a privatização da Companhia Vale do Rio Doce, efetivada em 1997 pelo governo federal, ainda não serão devolvidas à apreciação da justiça federal de Belém, onde elas foram apresentadas originalmente. Em esclarecimento à nota distribuída pela ex-deputada federal e advogada Clair Martins, que garantia já ser possível a devolução dos … Continuar lendo

Privatização de novo em questão

Nove anos depois de subirem para Brasília, as ações populares contra a privatização da Companhia Vale do Rio Doce, realizada em 1997, voltarão à apreciação da justiça federal em Belém. Em julgamento realizado no dia 3, a 2a turma do Supremo Tribunal Federal, apreciou o último recurso da Vale, que impedia o cumprimento da decisão … Continuar lendo

Carajás vai acabar

Carajás está numa escala alucinante de produção. Neste ano, as minas da Vale na serra deverão produzir 150 milhões de toneladas de minério de ferro. No segundo semestre de 2016 o maior projeto de mineração atualmente em curso no mundo, conhecido pela sigla S11D, entrará em operação. Agregará mais 50 milhões de toneladas a partir … Continuar lendo