//
você está lendo...
Todos os Posts

Vale faz segurança

No dia 21, o governo do Pará assinou dois acordos de cooperação na área de segurança pública com a maior empresa privada em atuação no Estado e a maior do país, a mineradora Vale. O objetivo declarado é “intensificar as ações articuladas e integradas de políticas públicas, defesa social e valorização da cidadania no Estado”.

Um dos acordos que a empresa apoiará é bem compreensível e elogiável. Trata-se do programa estadual Territórios pela Paz (TerPaz), que substituiu o ProPaz da administração Simão Jatene. A iniciativa do governo Helder Barbalho pretende beneficiar 370 mil pessoas, com a construção de espaços comunitários inclusivos, denominados Usinas da Paz, colocando à disposição da população serviços públicos, cursos e oficinas, atividades de lazer e esportivas. Ao todo, serão implantadas nove usinas na grande Belém e nos municípios de Canaã do Carajás e Parauapebas, onde a Vale atua mais intensamente. O investimento é de 102 milhões de reeais..

O segundo termo de cooperação assinado é mais polêmico. Visa implantar “ações de fortalecimento da segurança pública” em Canaã dos Carajás, Curionópolis, Marabá, Ourilândia do Norte, Parauapebas e Eldorado dos Carajás, municípios que integram a província mineral de Carajás, a mais importante do mundo, no sudeste paraense. É a maior unidade de produção do Pará.

O acordo “permitirá apoio nos deslocamentos de tropas em missões, além de suporte logístico e material para outras ações de segurança e inteligência das policias Civil e Militar”, com investimento de R$ 3,1 milhões e duração de 18 meses, podendo ser renovado por igual período.

Como o texto do convênio não foi divulgado (além de ter tido escassa divulgação o próprio fato), há o receio de que uma empresa privada avance demais nessa parceria com o governo em área de atuação caracteristicamente estatal. Ainda mais porque a vale é, frequentemente, parte em conflitos sociais e de segurança, que resvalam para a atuação policial do poder público. Não será suspeita de participar dessas ações?

No press release que distribuiu sobre o acordo, a Vale diz que a parceria reforça a sua estratégia e compromisso “com o desenvolvimento e com as pessoas do Pará”.

“Apoiar o fortalecimento de políticas públicas sociais é uma contribuição relevante para os territórios onde estamos inseridos”, destacou o diretor-executivo de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da mineradora, Luiz Eduardo Osorio. Políticas tão mal conhecidas pelos seus alegados beneficiários.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: