//
você está lendo...
Todos os Posts

A desatenção da imprensa

Para O Liberal, o geólogo Breno Augusto dos Santos é paraense. Ele é paulista. Antes de vir para o Pará, esteve no Amapá. Trabalhou no primeiro projeto de mineração empresarial, que desencadeou o novo ciclo extrativista na economia amazônica: a exploração do manganês em Serra do Navio pela Icomi.

Como geólogo da United States Steel, através de sua subsidiária brasileira, a Companhia Meridional de Mineração, Breno fez o primeiro voo de helicóptero que pousou no platô onde colheria amostras de rocha, em julho de 1967. Analisadas, elas levaram à descoberta da maior jazida de alto teor de minério de ferro do mundo, na Serra dos Carajás, no sul do Pará.

Por seu trabalho de décadas, Breno recebeu, no dia 17, o título honorífico de minerador destaque, que lhe foi concedido pelo Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará, em Belém. O Diário do Pará, surpreendentemente, nada deu. A matéria que saiu em O Liberal foi paga pelo sindicato, o mais forte do Estado. Nada de jornalismo sobre tema tão importante.

Por isso e muito mais o Pará está onde está.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: